logo-mundo-de-parentalidade

adoção / 1 POSTS ENCONTRADOS

Não amo mais o meu filho adotivo. E agora? O que fazer? Como agir?

por Márcia Carneiro
Costuma pensar-se que uma criança que cresce numa família disfuncional, ou até sem ela, prospera quando finalmente recebe o amor de pais atentos e dedicados. Não é necessariamente o caso. Por vezes o ódio domina, como se os pais adotivos fossem os responsáveis pelos seus anos de maus tratos. Se quer perceber mais sobre o amor ou desamor por um filho adotivo continue a ler.