logo-mundo-de-parentalidade

Conheça os 10 sintomas que podem indicar se está a sofrer de Tristeza Natalícia ou Christmas Blues

 

O aproximar e vivência das épocas festivas parece disparar estados de tristeza e depressão em inúmeras pessoas.

O Christmas Blues é, portanto, um estado de tristeza associado às festividades do Natal e Ano Novo.

Na realidade é maioritariamente um estado de tristeza pré existente que se intensifica nesta época do ano e não uma tristeza criada do nada pelas festividades.

Se se interroga sobre se será este o seu caso, continue a ler.

Os 10 sintomas mais habituais do Christmas Blues ou Tristeza Natalícia

Esta altura do ano é particularmente difícil porque nos habituamos a associá-la a calor humano, generosidade, magia, entusiasmo, felicidade e partilha de bons momentos em família.

As pessoas criam expetativas sobre como se devem sentir e comparam o que realmente experimentam com estas expectativas, assim como com o que acreditam ser as emoções vivenciadas pelos outros. Uma receita destinada ao fracasso.

É também uma época em que tendemos a fazer um balanço do ano que termina e avaliação de projetos, novos e antigos. E como todos temos um adolescente idealista dentro de nós, geralmente almejamos mais longe do que conseguimos alcançar.

Consequentemente, esta época do ano tende a potenciar um estado de desânimo que já se arrasta há algum tempo, uma fragilidade emocional caracterizada por irritabilidade, apatia, desânimo, angústia, tristeza.

Eis as suas 10 principais manifestações:

1 – Aumento ou perda excessiva de apetite;

 

2 – Aumento ou perda excessiva de peso;

3 – Insónia ou sono excessivo;

4 – Cansaço acentuado ou hiperatividade não habitual;

5 – Dificuldades de concentração;

6 – Sentimentos de inferioridade, incapacidade, inutilidade;

7 – Culpa excessiva ou inapropriada;

8 – Falta de prazer e satisfação presente em quase todas as atividades;

9 – Humor depressivo durante a maior parte do dia;

10 – Pensamentos recorrentes relacionados com a morte.

 

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *