logo-mundo-de-parentalidade

Sentimentos / 24 POSTS ENCONTRADOS

Dia e noite, luz e escuridão: São momentos. São complementos.

Há dias em que me sinto quebrada. Partida em mil pedaços e sem esperança de recuperação. E no crepúsculo sinto-me completa. Perfeita na minha essência e sem nada precisar de mudar. Dia e noite, luz e escuridão. Faces da mesma moeda. Partes do mesmo todo. Beleza e Emoção.

5 Livros para as mulheres entenderem os relacionamentos amorosos

por Márcia Carneiro
Este post foi concebido para ajudar todas as mulheres casadas, companheiras ou namoradas a perceberem melhor os seus parceiros, a si mesmas e as dinâmicas próprias dos relacionamentos amorosos. Assim, partilho alguns livros com os quais me identifico. Espero que desfrute desta lista e aproveite ao máximo cada uma das minhas recomendações.

Desabafos de uma adolescente de segundas núpcias

Não sei quem sou porque sou adolescente. E ser adolescente é nada saber e tudo sentir. Há mais de vinte anos que fujo da adolescência, da verdadeira adolescência, daquela que nos faz ser nós, realmente nós, a nossa própria estrela polar e a nossa razão de viver. Fujo, falho, fujo, falho, fujo, falho. Hoje chega. Hoje não mais.

O que é Behaviorismo na Psicologia e para que serve?

por Márcia Carneiro
A Psicologia só se estabeleceu como disciplina científica por direito próprio nos finais do século XIX. Ao longo do século XX podemos assistir ao seu florescimento e ao desenvolvimento dos seus principais ramos e movimentos, que vou apresentar por ordem cronológica numa série de artigos. Hoje foco-me no Behaviorismo, explicando neste texto o que é este movimento, como surgiu e quais são os seus principais fundamentos.

O que é a Ansiedade: para que serve e como combatê-la?

Eu própria conheço bem a problemática da ansiedade a um nível pessoal. Correção: fiz no passado. No presente ainda a experimento, mas já não me debilita mais. Porquê? O que mudou para mim? Continue a ler para perceber a forma como o combate à ansiedade mudou a minha vida e pode também transformar a sua.

Qual é o verdadeiro significado do sofrimento? Para que serve?

por Márcia Carneiro
Acho que já todos bradamos um dia aos céus: porquê eu? Perante uma situação difícil, como a perda de algo ou alguém querido, é complicado não questionar qual a razão de ser do sofrimento. Porquê eu? Porquê a mim? O que fiz para merecer isto? Porquê é que isto me aconteceu? Neste texto faço uma reflexão sobre este tema. Confira!

Não amo mais o meu filho adotivo. E agora? O que fazer? Como agir?

por Márcia Carneiro
Costuma pensar-se que uma criança que cresce numa família disfuncional, ou até sem ela, prospera quando finalmente recebe o amor de pais atentos e dedicados. Não é necessariamente o caso. Por vezes o ódio domina, como se os pais adotivos fossem os responsáveis pelos seus anos de maus tratos. Se quer perceber mais sobre o amor ou desamor por um filho adotivo continue a ler.