logo-mundo-de-parentalidade

O que é Behaviorismo na Psicologia e para que serve?

O Behaviorismo é o movimento que estuda o comportamento e os estímulos que o promovem, reduzem ou condicionam. Surgiu no seguimento dos estudos realizados pelo fisiólogo russo Ivan Pavlov.

 

O termo Psicologia deriva do grego antigo “Psyche”, que significa “alma” ou “mente”, e de “logia”, que representa “estudo” ou “relato”. Daqui podemos deduzir a amplitude de assuntos a que se dedica esta ciência.

Mas na atualidade este termo designa essencialmente “a ciência da mente e do comportamento”.

A Psicologia só se estabeleceu como disciplina científica por direito próprio nos finais do século XIX. Ao longo do século XX podemos assistir ao seu florescimento e ao desenvolvimento dos seus principais ramos e movimentos, que vou apresentar por ordem cronológica numa série de artigos.

Hoje foco-me no Behaviorismo, explicando neste texto o que é este movimento, como surgiu e quais são os seus principais fundamentos.

Fundamentos do Behaviorismo

O Behaviorismo é o movimento que estuda o comportamento e os estímulos que o promovem, reduzem ou condicionam. Surgiu no seguimento dos estudos realizados pelo fisiólogo russo Ivan Pavlov, que demonstraram que era possível condicionar os animais de modo a obter-se deles determinadas respostas.

Esta conceção defendia que a Psicologia se devia reduzir à ciência do comportamento e assentar apenas em fenómenos observáveis e mensuráveis.

Como a introspeção era subjetiva por definição e as suas teorias não podiam ser provadas como verdadeiras ou falsas, então deviam ser excluídas. E como os processos mentais não eram passiveis de ser estudados de forma objetiva, então analisava-se o seu resultado: o comportamento.

 

Para John Watson, o psicólogo norte-americano considerado o pai do Behaviorismo metodológico, qualquer pessoa podia ser treinada para ser qualquer coisa.

Segundo ele “as crianças devem ser vistas como perfeitas tábuas rasas e os princípios behavioristas usados para as moldar e fazer delas artistas e até médicos, independentemente da sua natureza.”

Mas para realmente compreendermos o que é o Behaviorismo precisamos de distinguir as suas facetas metodológicas e teóricas:

O Behaviorismo metodológico tem por pedra basilar fazer da Psicologia uma ciência apenas assente em factos observáveis e mensuráveis por todos.

O Behaviorismo teórico, atualmente substituído pelas teorias de inspiração cognitiva, exprime-se através da seguinte regra positivista: falar apenas dos fenómenos observáveis ou das suas relações diretas. Não se negando, no entanto, a existência de fenómenos internos não passiveis de ser observáveis e mensuráveis.

Em meados do século XX, os psicólogos começaram a questionar a abordagem behaviorista. Mas a sus influência ainda é notória na Psicologia atual, sendo que a terapia behaviorista ainda se aplica como parte fundamental da terapia cognitivo-comportamental.

 

Share this article

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *